ARTESÃ DE MODA PRAIA PLUS SIZE

Muitas pessoas ainda defendem a ideia de que  gordinha não deve usar biquíni. A televisão e os editoriais de moda acabam impondo um padrão de beleza que não corresponde à realidade, reforçando um sentimento de insegurança e não aceitação do próprio corpo entre as mulheres.

o corpo do verão é o SEU corpo, qualquer corpo. Então se você está acima do peso, pode SIM usar biquíni. Ainda bem que hoje em dia temos muito mais opções, né?

Tenho uma amiga do Facebook que cria lindos biquínis e maios para nos plus size , a Artesã Lucimar Ferreira 

Aqui tem algumas fotos de lindas peças que ela criou.

aa1a20102030405

Preconceito Inconsciente e Respeito.

Gostaria de compartilhar com vocês um fato ocorrido comigo que me incomodou. O preâmbulo é longo, mas importante para que percebam toda a situação.

Faço uma disciplina voltada para as biopolíticas do corpo e o mundo contemporâneo. A maioria das pessoas da sala são dançarinos, atores, educadores físicos, fotógrafos, jornalistas e eu, que além de estudar o mundo plus size em seus aspectos dentro das redes sociais, sou a única gorda da sala. Até aí tudo bem, pois sempre nos tratamos com respeito mútuo, principalmente em relação as nossas pesquisas.

Nesta disciplina, estamos estudando sobre o tema “Pós Verdade”. Fatos que estão acontecendo em nosso governo e em outros países, ou seja notícias plantadas, inventadas e que após várias replicações nas mídias se tornam complicadas de desmentir, se tornando uma verdade quando há um interesse por detrás da informação posta.

Um dos pontos que estávamos discutindo é: uma falsa informação é passada. Fulano acusa Beltrano de alguma coisa (que não existe, inventada). Acontece que hoje em dia, Beltrano tem que provar que Fulano mentiu, e não ao contrário, ou seja, Fulano que acusou deveria ter provas desta denúncia. Atualmente isso não ocorre… …  vide o exemplo de nosso atual governo.

Entendida a situação, percebam bem a pergunta com exemplos hipotéticos do colega que se graduou em educação física disse:

Colega: – “Então quer dizer que se eu acusar que ela me xingou (aponta para a colega); ela me deu um tapa na cara (aponta para outra colega); e ela (apontou para mim) roubou minha coxinha. Elas que terão que provar que eu estou mentindo?”  

Professora: Sim… etc…  etc… explicou com base no conceito de pós-verdade.

Olha que situação simples e hipotética que o colega me colocou em relação a “pós-verdade”: como provar que eu, gorda, não roubei a coxinha do magro fitness da sala de aula?

Me senti incomodada com o simples exemplo dele. Só porque eu sou gorda, tenho que roubar a coxinha????? Sei que é um exemplo extremamente artificial, e o que aconteceu foi o inconsciente dele se manifestando. Vejam só: Ele sabe que pesquiso políticas do corpo gordo, que defendo a diversidade de corpos e ele, mesmo assim, usou inconscientemente um exemplo gordofóbico.

Volto a dizer que ele usou um exemplo subjetivo, sempre me tratou com respeito, mas de maneira inconsciente acabou afetando o próximo.

Por que a gorda da sala tem que roubar a coxinha???? No exemplo que ele deu poderia ter roubado outra coisa? Ou mesmo tê-lo xingado, ou dado uma tapa na cara dele?  Eu poderia ter roubado uma caneta? Carteira?… sei lá. E se eu fosse negra? Será que se eu roubasse a caneta ou carteira iria ser diferente? E se eu fosse negra e gorda???

Não vou condena-lo. Não vou berrar ou gritar. Não vou apontar o dedo na cara dele. Pois sei que ele agiu de maneira inconsciente pelo fato de eu ser fisicamente diferente dos demais colegas e fui inconscientemente estereotipada.

Existe uma consciência coletiva que massifica nosso pensamento em padrões. O fato de que pessoas gordas comem demasiadamente é um exemplo desses. O resultado da fala do colega é um conjunto de informações midiáticas herdadas de uma sociedade que não aprendeu a lidar com pessoas diferentes, deste modo, desrespeitando-as. Até então ser negro, gordo, homossexual, mulher, ter uma religião diferente, deve-se permanecer invisível na sociedade. Estamos iniciando agora mudanças sociais em relação as pessoas gordas.

A fala do colega representa o preconceito inconsciente, ou seja, seu livre arbítrio faz com que mesmo uma pequena e simples decisão represente todas as informações coletivas herdadas socialmente que recebeu ao longo do tempo. Essas informações preconceituosas, já estão registradas no inconsciente.

Uma pequena ação ou fala que ele proferiu, poderia ter causado um enorme transtorno em sala de aula. Se eu não tivesse o conhecimento necessário para entender que o colega faz parte de um processo social preconceituoso vivido até hoje, iria sair discutindo e desviar todo o foco central da disciplina. O preconceito inconsciente é uma discussão muito séria.

A luta dos militantes anti-gordofobia é exatamente combater essas informações sociais e midiáticas. Devemos mudar a sociedade com ações de inclusão e respeito, com as indiferenças sem agressões físicas ou palavras mal educadas, mas sim demonstrando em nossos atos e vozes sociais a capacidade e igualdade que nós, gordos, negros, deficientes, mulheres e homossexuais temos.

Publicado por: Patrícia Assuf Nechar –  Doutoranda em Comunicação e Semiótica. Mestre  e Pesquisadora do Movimento Plus Size e Corpo nas Redes Sociais.

ANITTA TEM BAILARINA GORDINHA

BAILARINA PLUS SIZE DE ANITTA, THAIS CARLA

Anitta apresenta as novas bailarinas plus size em gravação do

Thais tem 25 anos e uma filhinha de 7 meses. Ela é casada há dois anos com o fotógrafo baiano Israel Reis, de 23, e dança desde os 4 anos de idade. A bailarina ficou conhecida depois de vencer o quadro “Se vira nos 30”, do “Domingão do Faustão”, em 2009, quando se apresentou dançando. Na ocasião, ela faturou R$ 15 mil. Thais também trabalhou como bailarina do programa “Legendários”, de Marcos Mion, por quatro anos.

Thais fala ao jornal Extra “Se não fosse pela minha família, eu não ia continuar a dançar e já tinha desistido. Não podia ir aos testes porque não tinha perfil. Venci preconceitos. E agora, com a Anitta, estou ali de igual para igual, dançando como qualquer bailarina que ela tem”, afirma.

Thais esta orgulhosa das suas curvas e fez um ensaio nua com o marido e também já posou sozinha sem roupa para uma campanha contra a gordofobia

Thais fez ensaio nua contra a gordobofia

 

Thais Carla pesa 140 kg

Quer fazer um ensaio sensual plus size?

O projeto Dia de Diva plus size é feito para elevar auto estima da mulher.

Conheço muitos fotógrafos que não gostam de tirar fotos de  pessoas gordinhas.  Dizem que somos diferentes, que a estética da foto muda, não fica boas, que é muito difícil achar ângulo que fique bom e pode  denegrir o trabalho dele…. E por ai vai…  

O fotografo de moda plus size é diferente porque ele gosta de gordinhas ele é homem que tem sensibilidade e saber como deixar todas nos a vontade .

Quem nunca se sentiu feia, inadequada, gorda as vezes incomodada com a aparência?  De uma forma ou de outra a sociedade acaba impondo para nós mulheres um padrão de beleza ideal e irreal, o que faz com que nos sintamos pressionadas e infelizes com nossos próprios corpos.

Helena Custodio e o Fotografo de Moda Plus Size Alja Moraes e  resolvemos criar o projeto DIA DE DIVA PLUS SIZE que como  objetivo  levantar a autoestima.

 Ao longos dos anos tenho percebido que esses ensaios sensuais se torna um divisor

de água na vida das mulheres que participam e auto-descoberta. Muitas das

mulheres revelaram , que com tempo estar presente naquele dia se sentindo uma

verdadeira Diva, ajuda  elas  lidarem de uma maneira melhor com a autoestima e

faz com que elas se sentissem satisfeitas consigo mesmas, independente do corpo.

Esse projeto mostra a beleza natural da mulher. Depois dos ensaios sensuais, as

elas revelam a mudança na autoestima.  Da para ser feliz sem ficar se preocupando 

com o que os outros vão achar porque do seu DIA DE DIVA,  venha se sentir muito

empoderada, participe do dia de diva e de um up na sua vida .

Independente da idade, já fizemos ensaio fotográfico com meninas de 18 a 60 anos, e todas arrasarão

DIA 24-06 TEREMOS ENSAIO SENSUAL, QUER PARTICIPAR

 

ENTRE EM CONTATO (11) 9 8203-0127

VALOR : 400,00 , Podem ser parcelados 4x pague seguro

Beijos e aguardo os comentários de vocês

ju1ju1ju1ju1ju1ju1ju1ju1ju3ju3ju3ju3

FRASES DA HELENA CUSTODIO

Sou Helena Custodio criadora do blog, instagram  fan page SOU GORDINHA SIM

gordinha assumida e feliz.

2009 comecei como modelo plus size, 2012 blogueira, 2013 fui a primeira blogueira assinar coleção plus size , convidada para entrevista em programas de TV, sai em revista e jornais sempre falando o movimento plus size e auto estima da mulher acima do peso.Luto contra preconceito contra  nos gordos  que sofremos muitas das vezes 

Tenho algumas frases de minha autoria, onde posto a 6 anos na fan page

Sou Gordinha Sim e Feliz também  

Corpo Perfeito é aquele que tem uma pessoa feliz dentro dele

“Seja o que você quiser ser”

#Chega de Gordofobia 

Não preciso usar 38 para ser bonita

Sexy sim, vulgar não 

Gorda é seu olho eu sou é Gostosa

Levanta, coloca seu salto e pisa na tristeza

Avião também tem pneu, sabia?

Gordinha Sim, Sedentária não

O Sucesso hoje é da classe GG, 

Não faço apologia a obesidade, Faço apologia a Felicidade

Minha alegria de viver é maior  que meus quilos a mais

Tem gente magra de ruim, sou gorda de BOA!

Dia de Diva Plus Size

Minha alegria é maior que meu quadril 

A beleza não mora nos padrões 

Amo minhas Curvas 

Usar GG nao me impede de ser Feliz 

Acredite que a pessoa mais importante é VOCÊ!

Comece o dia se amando 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Auto estima é a minha melhor amiga 

Me amo incondicionalmente , Sou gordinha Sim

Seja Feliz do jeito que você é, não mude pelos outros.

Sorria, seja feliz passe mais batom 

Coisa Boa atrai Coisa Boa

Gordinhas doce por natureza

Se ame Mais 

Confiança sera minha melhor roupa

Não trate a mulher como lixo… Lixo vira arte na mão de quem tem talento

Ser gentil está sempre na moda

Hoje é dia de ser feliz

 Sou Livre, Sou Linda, Sou Louca, Sou Minha 

Não deixe para amanha o beijo que voce pode dar hoje

Menos mi mi mi  e mais beijos na boca

 

 

 

 

 

PRECONCEITO CONTRA OS GORDOS

As vezes  ligamos  a tv, quando o assunto é sobre gordinhos é sempre criticas negativas, cobranças , reclamações que somos relaxados,  não fazemos exercícios, não nos cuidamos . Sempre que  rola algum programa falando sobre pessoas gordas o nosso  problema não é falar sobre obesidade e sim a maneira com a qual o assunto é abordado, muitas vezes de maneira grossa e sem o mínimo de bom senso com os espectadores que na maioria são gordos. Primeira coisa que eles mostram: filmagens nas ruas das pessoas que estão acima do peso, homens e mulheres têm seus corpos transformados em parâmetros de comparação, barrigas grandes e seios flácidos são generalizados, ou seja, eles passam a mensagem de que todo gordinho(a) é daquela forma e quem engordar vai ficar do mesmo jeito. Além de ser uma violência contra o psicológico de quem está acima do peso, é uma grande falta de respeito esse tipo de filmagem para demonstrar os males da obesidade, já começa errado por aí. Sem falar na hora de falar das celebridades, é hora que mais me dá nojo, eles puxam o saco das atrizes magras e aquelas que estão um pouco acima do peso são tratadas daquela forma ridícula “APESAR DOS QUILINHOS A MAIS”, como se ter sobrepeso fosse empecilho para as pessoas se sentirem bonitas. Não quero aqui querer proibir a mídia de falar sobre isso, mas sim, alertar as pessoas para a violência com a qual ela trata os obesos, acho que há outras formas de se falar nisso sem necessariamente chamar a maioria de nós de doentes. Obesidade é doença sim, mas nem todos os que estão acima do peso são doentes ou estão diabéticos, cardíacos ou presos a cadeira de rodas, do jeito que a mídia coloca a situação, parece que temos 70% de obesos mórbidos no Brasil. Ter sobrepeso não é sinal de doença, invalidez, morte, feiura ou qualquer outra mazela, ter sobrepeso é um estado físico REVERSÍVEL e portanto, merece ser respeitado e não ser tratado como uma doença contagiosa, ninguém é obrigado a emagrecer para se sentir jovem, bonito ou saudável, a verdadeira saúde está na cabeça de cada um e a beleza está em todos os corpos.

 

By SOU GORDINHA SIM

 

SEGREDO DE BELEZA

Ola pessoal

 

Mais uma para nossa #Fica a Dica 

O vinagre de maçã é um dos ingredientes mais versáteis.

Seu não se restringe apenas à culinária.

Muita gente já comprova, por exemplo, que ele é uma excelente alternativa natural para limpar intensamente e dar mais brilho ao cabelo.

Experimente!

Além dos fios ficarem mais bonitos, você se livrará da caspa.

Isso acontece porque o vinagre tem propriedades que combatem as bactérias e os fungos.

Além disso, há um série de outros benefícios.

Veja:

– Equilibra o pH do cabelo:

O vinagre de maçã restaura cabelos secos e quebradiços que, muitas vezes, ficam danificados pelo uso de produtos químicos.

Ele também mantém o equilíbrio do pH dos fios, eliminando a acidez.

– Combate e previne caspa:

Isso acontece graças às propriedades antibacterianas e antifúngicas que são capazes de eliminar a caspa.

Desembaraça o cabelo:

O vinagre de maçã pode substituir facilmente o condicionador tradicional, isso porque ele suaviza a cutícula do cabelo.

– Estimula o crescimento dos fios:    

Ele fortalece a raiz e acaba com o problema dos folículos pilosos entupidos.

Por causa disso, previne e combate a queda de cabelo, além de estimular a circulação.

O resultado é o crescimento dos fios mais rápido.

– Reduz as pontas duplas:

Isso acontece porque o vinagre fecha as cutículas.

Além disso, também evita a quebra dos fios.

Há uma receita especial para aproveitar melhor as propriedades e nutrientes do vinagre de maçã.

INGREDIENTES

200mL de água

2 colheres (sopa)  de vinagre de maçã

Algumas gotas de  óleo essencial de sua escolha (opcional)

MODO DE PREPARO

Misture o vinagre com a água e coloque num frasco de spray.

Acrescente algumas gotas de óleo essencial, que é opcional e só serve para eliminar o cheiro de vinagre.

A propósito, o cheiro residual do vinagre é fraquinho, não incomoda.

Feito isso, agite bem para misturar.

Para usar, aplique primeiro seu xampu, lavando o cabelo por completo.

Depois passe o vinagre de maçã, massageando o couro cabeludo.

Feito isso, deixe agir por alguns minutos e, em seguida, enxágue bem o cabelo.

Faça o procedimento uma ou duas vezes por semana.

Fonte http://www.curapelanatureza.com.br