Se eu consigo, você também consegue.

Se eu consigo, você também consegue.

 

Sempre escrevo textos falado de uma forma geral , mas poucos sabem que tudo o que escrevo é um relato do que vivo, sinto e realmente acredito, hoje meu texto será um pouco diferente falarei de mim, mas sei que muitos se enquadrarão no que digo. Recebo inúmeras mensagens de pessoas que dizem que é fácil eu falar de autoestima, amor próprio e superação, pois alegam que eu sou “bonita”, ou não sou tão sofrida ou gordinha, mas posso comprovar que nem sempre foi assim, sou humana, já me senti feia, perdida em meio a diretrizes ditadas por pessoas que padronizam a beleza ao que realmente acreditam ser belo.

 

Pessoas que determinam que você esta a margem da sociedade por não se enquadrar em determinados padrões sempre existiram e existirão, já me senti o patinho feio da turma, a mulher não desejada, a “ gorda mal amada”  em meio a tantas mulheres “ socialmente” aceitas como belas. Já tive momentos de auto rejeição, baixa estima e falta de amor próprio, passei por momentos de zombarias e apontamento de feiura, isso ocorreu até o momento que me permiti ser vista desta forma.

 

Certo dia acordei me olhei no espelho e  perguntei pra mim mesma:

Por que você se acha feia? O que pode ser feito pra mudar isso em você ?

 

Neste momento uma lágrima escorreu de meus olhos, e respondi com uma pergunta:

Você realmente se acha feia ou você simplesmente se permite levar por padrões sociais ditados por pessoas alheias a você? Bom garota chegou a hora de mudar, sim mudar o que pode ser mudado e ter sabedoria pra aceitar o que não pode ser mudado.

 

Meu biótipo não é de uma mulher magra, logo por mais que emagreça jamais serei magra, mas posso melhorar a forma de me sentir gordinha, pra tanto devo melhorar o que vejo, decidi começar a fazer caminhadas, fazer alguns exercícios físicos, não pra entrar em um padrão socialmente aceito, mas sim pra me sentir melhor comigo mesma, escolhi uma dieta que se adequasse a mim, e me levasse a realização do meu sonho. Já não me importava mais com o que diriam de mim, estou fazendo por mim e apenas pra mim era o que eu dizia e digo diariamente.

 

Quero melhorar minha imagem aos meus olhos, ao que eu acho belo, sempre achei mulheres gordinhas bonitas, se não estou me sentindo bem com o que vejo devo fazer algo para mudar, e assim comecei a me adaptar a nova fase. Todos dias me olhava no espelho e dizia pra mim mesma o quanto eu era bonita e que estava começando um novo dia onde eu tinha duas escolhas, abaixar a cabeça quando alguém me apontasse na rua ou erguer a mesma e encarar de frente quem me apontasse. O que importava era o que eu sentia por dentro, e eu me achava verdadeiramente bonita.

 

Com o tempo minha mudança de pensamento começou a exalar novas energias, e as pessoas começaram a me elogiar, mas sinceramente elogios ou xingamentos não me tinham importância mais, eu não queria agradar os outros e sim a mim mesma, eu queria me sentir feliz comigo, me amar verdadeiramente, me aceitar independente do que diriam, a minha opinião passou a ter a única importância sobre mim, eu tomei controle sobre minha vida e os meus padrões passaram a ser absolutos para o que eu achava belo.

 

Nunca fiz apologia a obesidade, muito pelo contrário, quando digo que devemos nos amar, nos aceitar, refiro-me a nos cuidar pois este é o princípio do amor próprio. Sei que muitas pessoas que hoje encontram-se obesas tiveram circunstâncias que a levaram a chegar neste estágio, mas que se sentem por vezes impossibilitadas de mudar, acreditem sua força interior é muito maior do que você imagina, não queira o imediatismo, conquiste um dia de cada vez, desta forma tudo fica mais fácil. Amo ser gordinha e me orgulho em ser assim , mas tenho consciência que posso me melhorar a cada dia em tudo o que faço,  portanto, se eu posso fazer o hoje melhor que ontem , por que não me fazer hoje melhor que ontem???

 

Neste processo de mudança já não me importava mais se me achariam bonita, o que tinha real importância era eu me achar bonita, resolvi melhorar o que eu já achava bonito em mim, mas sempre mantendo a certeza de que nem tudo poderia ser alterado, minha genética é essa. Comecei a mudança internamente, aprendendo a me amar incondicionalmente, e depois exteriorizei este sentimento, com o tempo passei a usar batom , depois delineador, rímel,  mudei o cabelo, comecei a sorrir mais independente dos problemas que me rodeavam.

 

Não condicionei minha felicidade ao fato de estar com uma pessoa ao lado , pois a pessoa de maior importância em minha vida, sempre esteve comigo , eu mesma, portanto eu resolvi me conquistar, me paquerar, e todo dia ao acordar eu me arrumava pra me encantar, pra que eu mesma me apaixonasse por mim mais e mais a cada dia, me maquiava e olhava para o espelho e dizia pra mim mesma sorrindo :

 

“ Bora ser feliz e arrasar com mais este dia ???”

 

Dava uma piscadinha e mandava um beijinho e assim foi dia após dia , mês após mês, e quando me dei conta , ano após ano .

 

Hoje de fato me amo verdadeiramente, independente de ter um namorado, marido ou paquera ao meu lado, aprendi que o amor que devo ter por mim mesma deve ser infinitamente maior do que posso sentir por qualquer pessoa, aprendi que a força do pensamento faz o “meu mundo” mudar, aprendi que ao me conquistar e me encantar, as pessoas passaram a sentir-se bem ao meu lado e me verem da mesma forma que eu me via, automaticamente exteriorizei o que sentia a respeito de mim, e tudo começou a se modificar, não só a forma de ser tratada pela sociedade, mas também a forma de me auto tratar.

 

Com as atividades físicas minha mente e minha qualidade de vida entraram em equilíbrio, comecei a me sentir melhor, não só fisicamente mas emocionalmente, e o inevitável começou a ocorrer, minha forma física adaptou-se também ao novo ritmo. Passei a cultivar pensamentos leves,  já não me importava o que diriam de mim, não me incomodava se quando chegasse em uma festa ficariam me olhando de forma negativa, eu sempre entrava de queixo erguido, pois essa aqui sou eu, e isso é imutável, eu de fato me amo, cada curva do meu corpo e cada dobrinha, procuro me melhorar continuamente, mas sempre serei uma gordinha fora dos “ atuais padrões sociais” , contudo, dentro dos meus “padrões pessoais”, e quem quiser estar ao meu lado será muito bem recebido, mas os que não sentirem-se bem podem seguir seu caminho, pois eu não estou perdendo nada com isso, e sim ganhando,  pois terei mais espaço pra atrair pessoas que de fato valham a pena compartilhar momentos

 

Agora eu pergunto pra você : “ Você está feliz consigo mesmo ??? Se a resposta for sim, me dê as mãos e bora arrasar e se sua resposta for não, me de as mãos e juntos vamos mudar. O impossível só existe até alguém torná-lo possível, faça algo pra mudar, comece com um dia de cada vez, e tenha a certeza de que se eu consegui, você também conseguirá, não importa os padrões que lhe são impostos, o que de fato deve lhe importar são seus padrões pessoais!!!!

 

Guardo comigo a certeza de que “ Sou gordinha Sim ”, e isso não me impede de ser uma linda mulher feliz, me amo hoje mais que ontem e menos que amanhã, e ao acordar terei a mesma missão diária de conquistar a pessoa mais importante em minha vida – eu mesma.

 

 

Bora ser feliz e arrasar com este dia ????

 

Cátia Martins

 Imagem

38 pensamentos sobre “Se eu consigo, você também consegue.

  1. Oi Gordinha, sou a também gordinha Jôsy; tudo bem?
    Confesso q passei por um período difícil, com as críticas, os olhares e até certas rejeições; mas, depois, parei prá pensar q graças a Deus, sou uma pessoa saudável, tenho meu marido q me ama do jeito q sou, e q as pessoas q me enxergam interiormente, são as q realmente importam prá mim.
    Independente do q pensam a meu respeito, sei q o q vale mesmo é o meu caráter, e a minha auto estima; pois, se eu dependesse de comentários ridículos ou de vestir 38 prá ser feliz, poderia até pensar em mudar…
    Identifico-me muito com vc.
    Continue enviando essas mensagens de otimismo, para todas as gordinhas e gordinhos q precisam se amar em primeiro lugar!
    Beijos e fique com Deus!

  2. Minha querida nunca pensei a sim ,me acho feia sem tipo acho que nem meu marido tem tesão em mim mais ,as vezes penso em desistir de tudo mas vou conseguir.Beijos vc e demais.

  3. Gostei muito da forma que usou para expressar seus sentimentos, tenho também a convicção de que a maneira como me sinto reflete como os outros me veem, quando nossa auto estima esta baixa tendemos não ouvir o que os outros dizem mesmo que seja um elogio sincero, e hoje posso te confessar estou feliz comigo mesma e por isso me conectei com o que disse….”Bora ser feliz e arrasar com este dia”.

  4. Lindo texto! Penso assim também. Procuro ser feliz independente da opinião dos outros, mas confesso que as vezes algumas situações me machucam, até porque é normal do Ser Humano!

  5. Querida Cátia, você acaba de me confirmar a pessoa maravilhosa que você é com este texto, eu não só apoio cada palavra que você disse, como hei de confessar que já passei por cada fase dessa, agora já estoy no “Ama-te a ti mesma e os outros te amarão!!”, sou felizmente casada e mãe de três maravilhosas criaturas, meu esposo sempre me viu linda, inclusive com todas a mudanças de tamanho que tive ao largo de nossos 13 anos de relação, quando eu me vía feia, aí estava ele para demonstrar que estava errada, sem ele não teria passado tão rápido por estas fases…
    A minhas queridas gordinhas que ainda não conseguiram chegar na fase do Amor-própio nível “nas alturas”, só quero lembrar que as magrinhas também têm complexos, eu conheço muita gente que está no modelo social atual e está solteira e infeliz, alimentando complexos vários, mulheres que a sociedade considera perfeitas que passam avida preocupadas com cada gramo que come, poruqe o namorado(ou marido) aponta cada dobrinha nova que possa aperecer, e que por incrível que pareça se sentem mais inseguras e solitárias que muitas de nós… assim que, melhora por ti, o que te convenha, relaxa o stress e cativa cada sorriso lindo ao teu redor… porque TODOAS SOMOS LINDAS!!!

  6. Nooossaa Cátia, fiquei muito emocionada com teu depoimento.
    Por várias vezes eu li em linhas escritas por ti, exatamente eu!!
    Amanhã 14/08/13 faço 41 anos, e decididamente vou mudar sim, pois quero voltar a me ver no espelho como devo ver.
    Obrigada querida por fazer eu me ver em tuas palavras!!
    Um forte beiju no coração!!
    Rose lorenz

  7. Sei que sou bonita também, mas me sinto insatisfeita e infeliz por estar gorda. Eu quero emagrecer pra me sentir melhor comigo mesma, e não por padrões. Mas queria ser como aquelas que se sentem bem sendo gordinhas, porque eu não consigo ter uma visão assim de mim, além do tanto que me incomoda e prejudica com minhas atividades diárias. Minha saúde está um caco!

  8. Olá Cátia que história linda a sua,me emocionou muito mesmo, pois eu também sou gordinha e me acho muito feia e desajeitada, não consigo sair de casa,as roupas que eu uso me sinto horrível,eu não consigo me aceitar assim,não consigo me relacionar com ninguém,não consigo me amar,eu quero mudar, mas não tenho forças para isso, eu tenho 46 anos e sou divorciada há doze anos e depois que eu me divorciei nunca consegui me relacionar com ninguém,pois eu não acho que alguém pode se apaixonar por mim de verdade pelo simples fato de ser gorda, em todo este tempo eu nunca me permitir ser feliz…um grande beijo para vc e parabéns!!!!

  9. oi catia eu sou uma pessoa gordinha bem assumida mas bem resolvida logico q tem dia q eu me sinto feia mas nao preocupo com o q as pessoas pensam de mi sou linda maravilhosa gostosa e desejada por quem me ama nao importa critica importa sou eu minha filha e minha mae e a felicidade q sinto por dentro pq se Deus quisesse as pessoas igual nao existia diferença q graça teria entao sou gordinha sim e feliz do jeito q sou por isso nao me ofendo nao me entristeço com opinao aleia eas pessao q querer ser feliz e fica incomodada com a felicidades das outras e entao bora ser feliz

  10. Nossa isso é muito inspirador, eu até travo as batalhas, mas sempre deixo a espada cair. É bom ver historias de gente como a gente, sou gordinha também e algum tempo venho na luta de perda de peso, emagreço, engordo é um ciclo sem fim, me sinto mal comigo as vezes, minha aparecencia nao me agrada, descobri que tenho execesso de homonios q piora a situação, vivo cortando coisas da minha alimentação, espero que consiga atingir meu objetivo também.
    Parabéns.

  11. sou gordinha não por que quero,mas me aceito como sou,sou deficiênte e não posso fazer academia,sou gordinha de tanto tomar remedeios por que os medicos de antigamente achavam que eu ia crescer pouco e meu lado direito ia ficar curto,so agora descubrir o que aconteceu comigo falta de oxigenio no cerebro ,agora que entendi me aceito melhor e mesmo sendo gordinha passei a me amar ainda mais,e me cuido pela minha saude e mesmo sendo gordinha meus exames dizem que tenho uma saude otima.e me sinto muito bonito e adoro me arrumar pra mim mesma e tenho muitos admiradores.

    • Neusa, você já é linda independente de sua aparência … Você é iluminada e maravilhosa , por saber aceitar o que não pode ser mudado e acima de tudo se amando … Com certeza você é linda e maravilhosa , e é essa sua luz e energia que atrai tantos admiradores … Sempre digo que a beleza que os outros enxergam em nós, é a que exalamos , é a forma que nos sentimos … Tem muita mulher magra que não se ama e não se acha bonita , e será dessa forma que será vista …. Temos que nos amar sempre , independente de como somos , gordinhas , magras , altas , baixas , com deficiência ou não… Nossa beleza transcende a aparência física, vem da alma… É um estado de espírito … E você minha amiga , de fato é linda e ganhou mais uma admiradora eu !!! Bjs e Bora ser feliz !!!!

  12. Você é linda, sempre foi… Mas acima de tudo você é guerreira… Não poderia ser diferente, veio de uma casa de mulheres guerreiras e maravilhosas… Gente que amo de todo coração… Seu sucesso não é de graça, você merece… Merece muito mais… Beijos amiga linda e iluminada😉

  13. Estou muito feliz por você ter este tipo de pensamento, pois acredito que as pessoas tem que em primeiro lugar se amar, somente assim é que poderão serem felizes. Continue assim, pois tenho certeza que você irá longe. Beijos.

  14. Conheço a Cátia a muito tempo e infelizmente muito não a vejo… O que até um cego enxerga é o seu bom astral e o melhor não foi com o “perder peso” ou mesmo atuar como modelo… É algo que exala da sua alma sempre iluminada !!! Sucesso sempre !!! Anabelli

  15. Sou casada á 7 anos e de uns 2 anos pra cá meu marido vem falando que estou gorda e com aparencia de velha sendo que tenho apenas 36 anos de idade…e nao consigo emagrece preciso de ajuda!

  16. Eu passei pelo mesmo que você. Tenho 14 anos, dês dos 9 anos de idade sempre fui gordinha, andava de cabelo amarrado e era muito tímida, um dia recebi um empurrãozinho de minha irmã que disse ” deixa eu te arrumar, se gostar vai ir pra escola assim ” e eu disse ” sim ”, foi aí que minha vida teve um rumo diferente, comecei a malhar, fazer dieta e me arrumar.Hoje adoro o que vejo no espelho e deixei de ser tímida🙂.

  17. oi , eu me sinto muito mal comigo mesma já cai em depressão e estou com muito medo de cair de novo e este sentimento acaba atrapalhando meu casamento porque fico com vergonha , acho que ele vai me reparar com as mulheres magrinhas sem barriga peso 74 quilos e estes quilos não me deixa me olhar no espelho e em sentir sexe e acabo colocando roupas que nem eu gosto pq não ei o que fica bom em mim desculpe

  18. Eu me sinto muito feia, estou 15 kilos acima do peso,ja nao sei mais o q faço estou muito gorda e feia,as pessoas me criticam . Ja nao encontro uma roupa q cai bem em mim, Mas apartir de hj “vou tomar uma atitude” e dpois do resultado vem contar so coisas boas.😄😄😄

  19. me sinto gorda e feia – nossa a quanto tempo não experimento uma roupa na loja – tenho vergonha de estar gorda – mas suas palavras me deu força pra gostar mais de mim e começar ir a luta pra me sentir linda porque bonita já sou…. so falta eu me enxergar melhor

    • Talita bom dia flor, vc tem o nome da minha filha, vc consegue sim, ser muito feliz mesmo estando acima do peso, nao se preocupe com que os outros dizem, Olha para dentro de vc e descubra a pessoa maravilhosa que vc é beijos Helena Custodio

  20. Ola.
    Tenho 95 kilos no corpo e uma tonelada na consciência, não consigo me amar de forma alguma, sou do tipo de pessoa que pra amenizar a situação faço piadas sobre mim mesma.Não gosto de comprar roupas, não namoro pois tenho vergonha e acho que os homens me querem por dó,a dois anos não tenho ninguém, me escondo, arrumo desculpas. Por esses dias me sinto muito mal, triste e depressiva, sabe penso muitas coisas quando me olho no espelho, tenho vontade de pegar uma faca e cortar a gordura do meu corpo.Desculpa sei que não é exatamente assim mas não consigo acreditar que exista pessoas gordas felizes, roupas não servem, e as que servem são horrendas de feias.Preciso de ajuda, não me divirto mais, não uso biquini nem maiô nem nada que marque o corpo, quando me arrumo me sinto um bujão vestido,me odeio, me repugno, já tentei emagrecer mas não consigo, faço dieta uma semana e do nada como igual louca.
    Desculpa falar essas coisas, mas eu precisava desabafar.

    • é me sinto exatamente assim, sou casada tenho um filho de 2 anos,já era gordinha antes de ter ele depois fiquei enooorme e permanesso, moorro de medo de perder meu marido, odeio pessoas magras e bonitas estou totalmente recalcada eu asumo! estou a ponto de tomar um pé na bunda.. e concordo com vc plenamente eu tmb acho que nenhum gordo é feliz com su corpo,querer vestir uma roupa e não poder, fazer coisas do dia-a-dia e não pode até fuder cança, meu marido sempre reclama da minha perna junteira e preta estou cançada tmb tem hora q quero sumir, ai que eu como mesmo desesperadamente sem para não sei o que vai ser da minha vida o único jeito era eu arrumar um marido que nem o da minha mãe, que ama mulheres gordas ou melhor obesas!

  21. Simplesmente uma linda e grande guerreira…
    Q Deus continue a lhe abençoar para q, vc possa conquistar tdo o q almeja e ser inspiração p
    Mtas pessoas q querem e precisam tomar uma providência mas q falta aquele
    Empurranzinho rs…
    Parabéns, vc é uma vencedora!!
    Grande bjo, Fabby..

  22. Parabéns pela sua beleza e principalmente pela sua GENEROSIDADE. Compartilhar sua experiência sobre sua autoestima é uma “superajuda” para as pessoas descobrirem sua beleza própria e a se tornar mais feliz.
    Você é linda na foto do antes e depois!!!
    Obrigada.

  23. Oii me chamo sirleide. gostei muito da sua história. Eu tenho 20 anos e estou muito gorda. Eu pesava 65 kl mas depois q fui traída pelo meu noivo a minha vida mudou muito e pra pior. Hj peso 110, kl. E não consigo emagrecer nem muito menos ser feliz. As vezes tenho um sorriso no rosto Mas é apenas para esconder as lágrimas e tristeza.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s