Falando sobre Obesidade

Falando sobre Obesidade

(Uma abordagem diferente)
Texto: Pedro Araújo

Para um(a) gordinho(a), ligar a televisão em qualquer horário é ter a quase certeza de que vai ser chamado(a) de doente, como assim, Pedro? Todos os dias, em todos os canais de televisão rola algum programa falando sobre obesidade com aqueles apresentadores que praticamente não estudaram o assunto até um dia antes do programa. O problema não é falar sobre obesidade e sim a maneira com a qual o assunto é abordado, muitas vezes de maneira abrupta e sem o mínimo de bom senso com os espectadores. Primeira coisa que eles mostram: filmagens nas ruas das pessoas que estão acima do peso, homens e mulheres têm seus corpos transformados em parâmetros de comparação, barrigas grandes e seios flácidos são generalizados, ou seja, eles passam a mensagem de que todo gordinho(a) é daquela forma e quem engordar vai ficar do mesmo jeito. Além de ser uma violência contra o psicológico de quem está acima do peso, é uma grande falta de respeito esse tipo de filmagem para demonstrar os males da obesidade, já começa errado por aí. Sem falar na hora de falar das celebridades, é hora que mais me dá nojo, eles puxam o saco das atrizes magras e aquelas que estão um pouco acima do peso são tratadas daquela forma ridícula “APESAR DOS QUILINHOS A MAIS”, como se ter sobrepeso fosse empecilho para as pessoas se sentirem bonitas. Não quero aqui querer proibir a mídia de falar sobre isso, mas sim, alertar as pessoas para a violência com a qual ela trata os obesos, acho que há outras formas de se falar nisso sem necessariamente chamar a maioria de nós de doentes. Obesidade é doença sim, mas nem todos os que estão acima do peso são doentes ou estão diabéticos, cardíacos ou presos a cadeira de rodas, do jeito que a mídia coloca a situação, parece que temos 70% de obesos mórbidos no Brasil. Ter sobrepeso não é sinal de doença, invalidez, morte, feiura ou qualquer outra mazela, ter sobrepeso é um estado físico REVERSÍVEL e portanto, merece ser respeitado e não ser tratado como uma doença contagiosa, ninguém é obrigado a emagrecer para se sentir jovem, bonito ou saudável, a verdadeira saúde está na cabeça de cada um e a beleza está em todos os corpos. 

Texto: Pedro Araújo

#SouGordinhaSim

 

Imagem

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Falando sobre Obesidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s