Quando amar vira um problema

Quando amar vira um problema.

Em certo momento você encontra “o cara da sua vida” começam um relacionamento, tudo vai bem até que de repente você se vê enlouquecida, vigiando a vida dele, abandonando a sua, desconcentrada no trabalho, o persegue nas redes sociais, acredita que ele sai com todas as mulheres que ele conhece e quando você liga ou manda uma mensagem – e por ventura ele não atende – você enlouquece, e dele depois de ligar 465 vezes e mandar 571 mensagens é capaz de pegar o carro e fazer vigília na casa dele a madrugada inteira.

Isso sem contar nas outras inúmeras coisas que você já fez e não tem coragem nem de admitir a si própria. As suas amizades já não aguentam mais ouvir você falar dele, e estão começando a te evitar, algumas já romperam com você e outras fogem. Os convites estão ficando escassos ou você já se encontra no total isolamento.

Em algumas vezes, as mulheres que amam demais conseguem expor o problema às suas famílias que tentam desesperadamente ajudar e incentivar com frases como: “_Ele não serve pra você! _Você merece alguém melhor que ele! _Larga de ser boba, não se humilhe! _Vamos arrumar outro namorado pra você!” Mas essas não são as frases que se quer ouvir, nem a ajuda que se espera.

Muitas vezes realmente estamos amando o homem errado, mas às vezes só estamos amando errado. Em sua grande maioria, vindas de uma família disfuncional ou problemática, às vezes filhas de pais alcoólicos, as mulheres que amam demais aprenderam a se relacionar de forma errada e acreditam que relacionamento é sofrimento e insatisfação. Tornam-se obcecadas e são cheias de medos, como medo de solidão, medo de abandono, medo da indiferença. E isso as leva aos relacionamentos com homens controladores e destrutivos. E não importa o que façam ou o esforço que dediquem estes homens nunca estarão satisfeitos.

A perda da identidade destas mulheres é possível de ser recuperada. É possível voltar a amar de forma saudável e aprender a se relacionar sem que o relacionamento interfira em sua vida profissional, pessoal, sentimental e destrua o seu verdadeiro eu.

Ser feliz é essencial à vida!

Juliana S. Breda – site: julianabreda.wix.com/psicanalista

Vivo: (19) 9 9829-5077 / Claro: (11) 9 89831399

Agende uma consulta. Atendimentos online e presencial.

Juliana S. Breda
Vivo: (19) 9 9829-5077
Claro: (11) 9 8983-1399

Um pensamento sobre “Quando amar vira um problema

  1. Que legal esse post. É assim mesmo. E não é só mulheres, não. Homens também agem assim por amor ou não.
    Eu fiz coisas assim. Fiz plantão na rua da casa de uma ex para ver com quem ela chegava, detalhe: já não estávamos namorando fazia um tempo.
    Um dia dei um basta. Não foi fácil, mas venci. E, quando isso aconteceu eu percebi que não amava tanto assim, era mais a rejeição, o medo da solidão, obsessão.
    Hoje, sou mais tranquilo. Acho que traquilo até demais, mas, é como eu estou.

    Parabéns pelo post.

    Beijos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s