Entrevista com Endocrinologista Dr Cley Rocha

Boa tarde Pessoal!

Já imaginaram um médico endocrinologista que respeita o  nosso biotipo? Já imaginaram um médico que ajuda na nossa autoestima respeitando o seu corpo sem te falar que você deve se encaixar em um padrão de corpo de capa de revista? E sim buscar ser saudável? Pois é, ele existe. Dr. Cley Rocha de Farias é o médico na medida certa. Ele cultua a saúde o e bem-estar dos seus pacientes, sem alimentar os estereótipos de beleza visto hoje na mídia.

A blogueira e colaboradora Patrícia Nechar Plus conheceu esse médico que acima de tudo é um ser humano que respeita a diversidade, respeita o biotipo saudável de cada pessoa. Um ser humano que entende as pessoas são umas diferentes das outras em uma sociedade que dita regras e padrões de corpo quase que inalcançáveis. Ele é um verdadeiro achado!

Doutorado em endocrinologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP). Possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Campina Grande (2003) e especialização em Terapia Nutricional e Nutrição Clínica pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo (GANEP-2010). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Endocrinologia e Metabologia, Tireoideologia e suplementação de selênio que foi sua pesquisa de doutorado. Atualmente ele é chamado para congressos nacionais e internacionais para falar sobre sua pesquisa.

A Fanpage Sou Gordinha Sim por 5 dias fez uma enquete sobre “o que você gostaria de perguntar ao seu endocrinologista”. Confira agora as respostas do Dr. Cley sobre as perguntas das nossas leitoras.

SGS – Por que as pessoas desenvolvem o hipotireoidismo, isso pode ser controlado?

Dr. CRF – Existem fatores genéticos e ambientais. Como história familiar positiva para hipotireoidismo, dieta com baixa ingestão de iodo, estresse, radiação, agenesia glandular entre outros.

SGS – Sobre sua pesquisa de doutorado, podemos controlar o hipotireoidismo e não deixar que ele se desenvolva se ingerirmos Selênio de modo correto?

Dr. CRF – Podemos diminuir os níveis de autoanticorpos, melhorando o processo inflamatório. No grupo que recebeu a selenometionina houve redução de 24%, enquanto no grupo placebo houve um aumento de 18% na anti-tireoglobulina.

Selenometionina é um tipo de selênio orgânico que encontramos nos alimentos. Anti-tireoglobolina é um anticorpo produzido contra a própria tireoide nos pacientes que tem Tireoidite de Hashimoto.

SGS – Sobre a Tireóide de Hashimoto, podemos também controlar com Selênio?

Dr. CRF – A Tireoidite de Hashimoto ou tireoidite crônica autoimune é uma doença caracterizada pela presença destes autoanticorpos contra a tireoide e é, assim, a principal causa de hipotireoidismo.

SGS – Então todo mundo que tem hipotireoidismo tem a Tiroide de Hashimoto? Seria o nome do pesquisador que descobriu a doença, certo?

Dr. CRF – Não, é verdade, existe outras causas de hipotireoidismo como a retirada da glândula após cirurgia, má formação ao nascer ou radiação. Sim, Hashimoto é o nome do pesquisador Japonês.

SGS -Quantos anos uma criança pode ir na sua primeira consulta com endocrinologista?

Dr. CRF – Geralmente, quem faz o acompanhamento de crianças são os endócrinos-pediatras, e isso a partir do nascimento. Um dos parâmetros avaliados no teste do pezinho é o hipotireoidismo congênito e se alterado essa criança deverá acompanhar já com o pediatra ou o endócrino-pediatra.

SGS-  No caso do tratamento do hipotireoidismo, já existem remédios que possam ser tomados uma vez por semana ou uma vez ao mês, como é o caso do hipertireoidismo?

Dr. CRF – Tem-se em pesquisa, mas não comercializados.

SGS – No caso do remédio para o hipotireoidismo qual é o tempo de que devemos esperar para ele começar a fazer efeito?

Dr. CRF – Geralmente, a melhora começa a partir do primeiro dia de tratamento, mas o ajuste fino pode demorar até seis meses.

SGS – Quando tomamos pela manhã em jejum qual o tempo que devemos esperar para tomar café da manhã? 20 min, 30 min, 1 hora??

Dr. CRF – O ideal é 1hora.

SGS – Porque quando paramos um tratamento para emagrecer engordamos o dobro?

Dr. CRF – Isso pode acontecer, mas não é uma regra. A obesidade é uma doença complexa em que vários fatores como ambientais, genéticos e emocionais estão muito evolvidos. E se o tratamento não abordar todos esses aspectos, a tendência será mesmo um fracasso como temos visto.

SGS – Por que algumas pessoas comem o que quer e não engordam?

Dr. CRF – Pelos mesmos motivos da questão anterior, famílias de magros tendem a ter filhos magros. Existe o potencial genético de cada indivíduo. E quem disse que todo mundo tem que ser magro?

SGS – Existe associação de ovário policístico com a obesidade?

É muito mais o contrário, a obesidade com aumento da resistência insulínica levando a Síndrome do Ovário Policístico.

SGS – Não menstruar engorda?

Dr. CRF – Não, a não ser que haja alguma alteração como no hipotireoidismo que altera a menstruação e ganho de peso. Mas nos acompanhamentos de mulheres que decidem não menstruar mais, não há ganho de peso.

SGS – Pessoa com diabetes podem desenvolver mais facilmente o hipotireoidismo?

Dr. CRF – Existe associação entre as doenças autoimunes, então sim. E no obeso é mais comum problemas de tireoide assim como o diabetes.

SGS – Por que quando ficamos nervosas comemos exageradamente sem controle?

Dr. CRF –  Depende da pessoa, algumas pessoas ficam nervosas e podem ter repulsa a comida e não um desejo. É a forma que cada um encontra para aliviar a ansiedade e se reequilibrar, comendo ou deixando de comer. Alimento e afeto são iguais, a boca que come é a mesma que beija.

SGS – Se para baixar a ansiedade recomendam exercícios físicos, por que após saímos da academia ficamos com muita fome? O Doutor tem alguma dica para evitar a fome excessiva após os exercícios físicos?

Dr. CRF –  Comer carboidratos com alto teor de fibras e/ou proteína.

SGS – Antes ou depois do treino?

Dr. CRF Após o treino.

SGS – Qual é a eficácia do Balão Intragástrico? Após a sua retirada qual é a média que se volta a engordar?  

Dr. CRF – Também depende do paciente e da história de obesidade dele. Alguns podem engordar tudo que foi perdido e outros podem manter essa perda por vários anos.

SGS – Porque algumas dietas fazem cair o cabelo e enfraquecem as unhas? 

Dr. CRF – Porque em dietas muito restritivas, o organismo entende que está passando uma privação, uma emergência, então, poupa-se energia, material para produção dos cabelos e unhas para manutenção de funções vitais e às vezes pode haver uma hipovitaminose.

SGS – Existem pessoas com o “peso ideal” que vão ao seu consultório querendo emagrecer? Como o Doutor vê o desejo imperioso de ser extremamente magro?

Dr. CRF – Sim, e tenho que respeitar o desejo e o sonho de cada um. Claro que avaliando os casos extremos que podem ser frutos de uma anorexia. E aí, faremos o tratamento desse distúrbio em equipe multidisciplinar.

SGS – Existem trabalhos acadêmicos sobre gordinhos que praticam atividade física tem saúde melhor do que magros sedentários?

Dr. CRF – Sim e temos exemplos disso não pratica clínica diária.

SGS – Ser gordo é doença?

Dr. CRF –  Um IMC acima de 30 com uma cintura abdominal acima de 88 e um percentual de gordura alto se traduz em obesidade e sim é doença. Em minha opinião, nem para todo mundo.

SGS – Por que existe o mito que estar acima do peso é doença?

Dr. CRF – Seguimos sempre padrões, deixando a individualidade e fatores importantes pessoais de cada caso para escanteio. Se um indivíduo está acima do peso, mas com os exames normais, ativo profissional, intelectual e sexualmente e isso não for um motivo de problemas de autoestima, acho que não deveríamos adoecer nossos pacientes.

 SGS – Se temos uma gordurinha extra já estamos fora do padrão da sociedade, qual é a visão do Doutor sobre esse assunto?

Dr. CRF – Estamos presos a padrões ditados desde nossa infância. Estamos infelizes, vazios, empobrecidos no contato com o outro e conosco mesmos. Nossa rotina, correria, tecnologia, dinâmica diária tem nos isolado.

Apesar do pouco contato direto, pessoal, tête-à-tête, olho no olho, temos hoje mais acesso a “vida” dos outros através das mídias. E nesse ambiente que os padrões fazem a festa. Todos querem ser 100% felizes, magros, bonitos, ricos, brancos, bem humorados, sem problemas, sem doenças, politicamente corretos e o pior, o tempo todo. Onde está o humano nisso tudo? A leveza? O encontro? O choro? O que realmente é importante? Essencial? Onde estão as diferenças? As particularidades de cada um? O poder SER?

Assim, com esse modo de viver, a gordurinha extra faz infelizmente uma grande diferença.

O importante é ser saudável e feliz independente dos padrões.

Consultório Médico Dr Cley Rocha.  

Rua Mato Grosso, 306, conj. 1101B

Higienópolis

01239040 – São Paulo, SP – Brasil

Telefone: (11) 21146455

Fax: (11) 21146456

me1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s