De onde eu vim

De onde eu vim.

De onde vim não foi possível pegar atalhos.
Melhor ou pior sempre segui meu caminho.
Mesmo que a vida seja de mão dupla.
Muitas vezes plantei lagrimas e em troca recebi carinho.

Muitas vezes tive que voltar ao ponto de partida.
E nunca é errado recomeçar.
A vida é feita de cair e levantar.
O difícil mesmo é desistir antes de tentar.

By. Paulinha Pereirae4ee148d1e9ef12e9d925f494350e2c7

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s